domingo, 5 de setembro de 2010

Escolhendo o meu buquê

Buquê: dicas e o significado das flores

As melhores escolhas para cada tipo de noiva

Redação, iG São Paulo
17/05/2010 16:11

 A tradição do buquê teve início na Grécia Antiga. Contudo, em vez de flores, as noivas carregavam ervas e alhos, que teriam o poder de atrair boas energias. “Na história mais recente, as ervas deram lugar às flores”, diz a consultora de casamentos Vera Simão no livro “Casar - Do planejamento à celebração em grande estilo”, da Mescla Editorial. Hoje, a escolha se torna mais difícil. Formas, cores e combinações saltam aos olhos; e como não desejar todos eles? Confira algumas dicas preciosas e os significados das flores.

As dicas dos profissionais
Esqueça a velha ideia de combinar a espécie ou cor da flor com a da decoração da igreja ou da festa. “A produção da noiva não pode e nem deve seguir a essa linha. O interessante é que o buquê combine com a personalidade da noiva”, ensinam Ana Paola Liberatore e Isabela Ciampaglia, assessoras da Cheers Eventos. Também é preciso ficar atenta ao tamanho do arranjo. “O buquê é proporcional à altura e estilo de vestido da noiva”, explica a florista Adriana Nardozza.
As baixinhas devem ficar longe dos arranjos em forma de cascata, e as gordinhas, dos muito cheios. As altas podem se render aos maiores, mas deixar de lado a delicadeza. Para quem prefere apostar nos tradicionais buquês redondos, é preciso dosar bem o tamanho: em média 30 botões e cerca de 25cm de diâmetro, como recomenda Vera

Flores de cada estação
A estação do ano também é um fator que pode influenciar na escolha das noivas. Para o verão, as espécies de flores com cores mais vivas e formas mais evidentes são a boa pedida. Em função das temperaturas mais altas, fuja daquelas mais frágeis e que murcham logo, como gardênias e tulipas. Algumas boas opções são: callas brancas, rosas colombianas, orquídea, mix de rosas, cravíneas e girassol.
No inverno, nada melhor do que investir nas opções nobres como lírios, orquídeas e lisiantus. Clássicos como tulipas brancas e copo de leite também são ótimas opcões. O outono é marcado por flores em tons sóbrios, para garantir o glamour da temporada, e a primavera ganha força com a diversidade de opções, o que permite criatividade e ousadia na hora de montar o buquê.

O significado das flores
Vera Simão lembra que cada flor está associada a uma mensagem, o que pode ajudar a escolher o buquê.
Acácia branca ou rosada: constância e elegância; Azaléia branca: romance; Azaléia rosada: amor pela natureza; Camélia branca: beleza perfeita; Camélia rosada: grandeza de alma; Cravo branco: amor ardente; Cravo vermelho: amor vivo; Crisântemo branco: verdade; Crisântemo vermelho: “eu amo”; Dália amarela: união; Dália rosada: delicadeza; Flor de laranjeira: felicidade; Girassol: glória, dignidade e paixão; Jasmim: amor, beleza e delicadeza; Lírio: doçura e pureza; Margarida: inocência; Orquídea: beleza e pureza espiritual; Miosótis: inocência; Papoula: fertilidade, sonho; Rosa amarela: felicidade, amizade; Rosa branca: pureza, paz; Rosa champanhe: admiração, reverência; Rosa alaranjada: fascínio, encanto; Rosa cor-de-rosa: amizade, carinho; Rosa vermelha: amor, paixão; Tulipa vermelha: declaração de amor; Violeta: lealdade.

fonte: http://www.delas.ig.com.br/




Aprenda a escolher o buquê ideal para seu casamento

O buquê é um acessório para a noiva formado por lindas flores. Mesmo com o passar dos anos, ele permanece como uma tradição do casamento que simboliza charme e exala feminilidade.
Para escolher o buquê perfeito para o casamento, a noiva precisa encomendá-lo com três meses de antecedência. Muitas vezes a floricultura ou o designer floral solicita a foto do vestido, amostras das cores da decoração da igreja e da recepção, além de uma análise do estilo da cerimônia, personalidade e altura da noiva e modelo do vestido.
Se o vestido for totalmente branco, o buquê pode ter uma cor mais forte, como vermelho ou flores coloridas. Se for colorido, é preciso adequar a cor do buquê com a cor da roupa. Caso o vestido seja estampado, pode-se escolher as mais variadas cores, sempre analisando o tom predominante do traje.
A escolha do buquê deve ser proporcional ao tipo físico da noiva, estilo do vestido, originalidade, tipo de flor, cor, durabilidade, perfume e estilo da noiva (romântica, clássica, exótica, delicada ou moderna). O tamanho deve ser proporcional à altura da noiva e ao modelo do vestido.

Formatos e cores
O formato é um item muito importante que deve ser avaliado antes da escolha do buquê. Para definir a forma, a noiva precisa levar em consideração o vestido, o horário do casamento e até seu tipo físico.
- Para casamentos durante o dia, é preferível escolher flores de cores mais suaves. Para casamentos à noite, buquês de cores fortes e intensas estão liberados. O branco é um clássico e combina com tudo – detalhou a assessora de casamentos Márcia Possik.
Na opinião de Bia Sandoval, se a noiva optar por levar um terço juntamente com o buquê, deve optar por um terço pequeno e colocá-lo juntamente com o corselet do bouquet. “O terço serve para dar sorte para a noiva e não para ser exibido como uma jóia. Os mais usados são feitos de cristal, pois dão um ar delicado e sofisticado ao visual”, disse a decoradora.
A forma de segurar o buquê é encostada no corpo, para evitar que os convidados vejam o nervosismo da noiva. Segundo a decoradora Katia Calimanis, da Flor e Arte Decoração, a noiva deve apoiar o buquê do lado direito do corpo, no ílio, um ossinho do quadril, que fica logo abaixo da cintura. “Ela deve segurar o buquê na base, de uma forma confortável e delicada”, sugeriu ela.
“O bouquet não pode ter mais de 300 gramas, pois, ficam muito pesados e são desconfortáveis para a noiva que o carregará até o altar”, explicou o decorador e designer floral Batista Reis, da Floricultura Transflorartes.

Flores e detalhes
Segundo Érika Ventura, da V7 Eventos, as flores mais indicadas para o buquê redondo são as rosas. Para o buquê cascata ela recomendou orquídeas, lírios e copos-de-leite. Já para o buquê braçada, ela selecionou lírios, tulipas, alecrim, orquídeas, rosas e copos-de-leite.
O consultor de estilo Marco Antônio Rosas, do Ateliê Enlace, utiliza a técnica da matização floral, onde as cores das flores são alteradas, sem que elas percam sua naturalidade. “Sempre realizamos uma consultoria de estilo, para avaliar a noiva e o estilo da cerimônia. As flores mais usadas são copo-de-leite, rosa, astromélia, lírio, orquídea e gipsy.
Alguns detalhes dão charme e elegância ao buquê, como indicou Matheus Casagrande, da Cactus Floricultura. Para o acabamento dos buquês, os profissionais utilizam fitas de cetim ou tule, ráfia, junco, broches, cordões de jóias, alfinetes, pérolas, strass, arames coloridos, canela, laços, roletês, plumas, gliter, metal, frutas, tapes de arremate, folhagens, tecidos naturais, purpurina, esponja e até essências.
Algumas noivas sugerem o próprio estilo de buquê aos profissionais. “O bouquet mais original que já fiz foi em estilo redondo, confeccionado somente com ramos de pimenta vermelha”, contou Ana Lucia Bernardes, diretora da Florencanto.

Alternativos
Algumas novidades também têm conquistado as noivas e substituído o tradicional buquê de flores, tornando as cerimônias modernas, criativas e originais.
É o caso do buquê de flores com cristais, que demora em torno de quatro dias para ficar pronto. O Espaço Vip Dia da Noiva aplica as jóias e acessórios que são utilizadas nas tiaras e coroas nos buquês. “Acredito que a beleza e a leveza do material criam um impacto visual surpreendente, o que torna o buquê completamente elegante e inovador”, revelou a empresária Vanessa Alexandre.
Outra novidade que acabou de ser lançada por Marçal Rosa, da Cia. dos Buquês, é o buquê feito somente com maças do amor. “Participei de um evento e uma noiva me pediu um buquê de maçãs do amor para ela, que se casa em setembro”, contou.
O buquê de rosas de madeira já conquistou seu espaço e também é uma opção para as noivas que querem inovar. “Este buquê é super leve e serve tanto para a noiva levar na cerimônia, quanto para jogar para as amigas. Cada rosa pode conter um cartão com frases divertidas e pode ser jogada separadamente. Ao invés de somente uma amiga pegar o buquê, várias poderão levar uma lembrança para casa”, detalhou Aline Costa, da Amizarte.

Preços
O preço de um buquê de flores naturais pode variar de R$35 a R$600, dependendo do tamanho, número e variedade de flores, acabamento e detalhes.
Um buquê bem elaborado, colorido, feito com várias flores da estação, com detalhes e um bonito acabamento, custa em média R$300.
O buquê de cristal custa R$420 o aluguel. O preço do buquê de rosas de madeira varia de R$36 a R$77, de acordo com a quantidade de rosas e o acabamento.

Veja o formato de buquê indicado para cada tipo de noiva:
Redondo: Indicado para noivas mais delicadas, mais magras e mais baixas. Pode ser usado em qualquer horário, principalmente de manhã e à tarde. Combina com decotes arredondados, mangas curtas ou três quartos. Deve ter em média 30 botões. Deve ser levado sempre na altura da cintura, do osso do quadril.

Braçada: Indicado para noivas mais cheinhas ou que tenham uma silhueta mais desenhada. Possui formato alongado e é feito para ser carregado nos braços. Pode ser usado em qualquer horário, principalmente de manhã. Levanta o busto e dá impressão de uma estatura mais alta. Combina com vestidos mais justos, sensuais, sem mangas e com longas luvas. Com cerca de 50 centímetros, deve ser levado na lateral, deitado sobre o braço.

Cascata: Indicado para todos os tipos de noivas. Os buquês mais compridos são perfeitos para as noivas mais altas. Possui formato triangular e é indicado para casamentos à noite. Combina com vestidos fechados, mangas longas, decotes princesa, quadrado e em V. O comprimento pode variar até o joelho. Deve ser levado a frente do corpo.

Veja o nome de algumas flores e seus significados e escolha a que mais combina com sua união(elaborado por Débora Casagrande, do Atelier das Noivas):
Orquídeas: Beleza, luxúria, perfeição e espiritualidade
Lírios: Doçura, inocência, majestade e pureza
Margarida: Virgindade e candura
Acácia amarela: Amor secreto
Acácia rosada: Grandeza da alma
Camélia: Beleza perfeita
Hortência: Frieza e indiferença
Jasmim: Amor, beleza delicada e graça
Narciso: Egoísmo e vaidade
Rosa vermelha: Paixão e amor
Rosa amarela: Felicidade e amizade
Rosa cor de rosa: Amizade e carinho
Rosa chá: Respeito e admiração
Rosa branca: Pureza e paz
Rosa laranja: Fascínio e encanto
Rosa champagne: Admiração e reverência
Tulipas: Declaração de amor
Violetas: Lealdade e modéstia
Papoula: Fertilidade, ressurreição e sonho
Sempre Viva: Eternidade e imortalidade
Miosótis: Amor sincero
Magnólia: Simpatia
Girassol: Dignidade, glória e paixão
Dália amarela: União recíproca
Dália rosada: Delicadeza
Dália vermelha: Amor abrasador
Crisântemo amarelo: Amor frágil
Crisântemo branco: Sinceridade
Cravo amarelo: Desdém
Cravo branco: Amor ardente, ingenuidade e talento.
Cravo rosa: Preferência
Cravo vermelho: Amor intenso
Azaléia branca: Romance
Azaléia rosada: Natureza
Gotas de orvalho: Servem para umedecer os lábios dos noivos, para que as palavras sejam sempre doces desde o início do casamento.
Folhas: Servem para atrair boas energias. Sua cor verde trará sempre esperança aos corações.
Fitas: Simbolizam o enlace do casal. Deixarão o casal sempre entrelaçado um ao outro.

fonte:http://www.pontodosnoivos.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário