sábado, 3 de julho de 2010

Formas das orquídeas

As orquídeas têm muitas formas, partindo de duas básicas: simpodial e monopodial.
Suas estruturas vegetais diferem em forma, mas seu cultivo não é muito diferente, apenas o modo de realizar a propagação vegetativa não é a mesma.

A orquídea simpodial:
Refere-se ao um tipo de orquídea que tem os rizomas com crescimento linear.
É necessário plantá-la de um lado do vaso para que vá crescendo em direção à borda oposta.
Colocada no meio, logo atingirá esta parte do vaso, acabando por descer pela parede externa do mesmo.
Exemplo : Cattleya, Laelias

A orquídea monopodial:
Esta orquídea tem o caule com crescimento contínuo como nas Phalenopsis, Vanda e Dendrobium.
No caso do Dendrobium, ao longo da haste floral, numa época de estado vegetativo da planta costumam surgir rebentos que podem ser utilizados para propagação vegetativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário